PEC DA BONDADE

Cattani diz que governo não é 'mãe dinah' e defende medidas de Bolsonaro; vídeo

Publicado em

PODERES [email protected]

O deputado estadual Gilberto Cattani (PL) foi enfático ao defender o governo Bolsonaro e as medidas emergenciais de auxílio na pandemia e disse que o Planalto não age de forma eleitoreira.

Em entrevista à imprensa, na manhã desta quarta-feira (06), o parlamentar deu declarações de apoio a chamada PEC da “bondade”, que estende uma série de auxílios até meados de novembro.

O deputado disse que as medidas não são eleitoreiras e, sim, uma necessidade que a população brasileira está enfrentando.

“Todo mundo falava que ninguém fazia nada para conter a fome no país. Agora que a PEC foi aprovada para combater essa questão da fome, aí vira questão eleitoreira”, disse.

Cattani foi questionado sobre a demora para aprovação das medidas, levando em consideração que no começo da pandemia, o governo tinha resistência em criar os auxílios.

O bolsonarista justificou que não havia como prever o que viria pela frente e voltou a dizer que as medidas não são eleitorais, mesmo sendo aprovadas a poucos meses da eleição.

Veja vídeo:

Leia Também:  Natasha diz que PSB vai apoiar Mauro Mendes e Geraldo Alckmin; VÍDEO

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PODERES

Ex-BBB ameaça processar candidato a deputado de MT na Justiça

Publicados

em

O economista e ex-participante do reality show Big Brother Brasil, Gil do Vigor, se manifestou nas redes sociais, neste sábado (13), e disse que não autoriza o uso da imagem dele a nenhum candidato que não apoie e que algo sério assim não deveria ser banalizado. (Veja nota na íntegra ao final da reportagem).

A resposta vem após um pré-candidato a deputado estadual, em Mato Grosso, ter colocado a imagem de Gil no registro da candidatura dele no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Quero que fique bem claro aqui que não autorizo o uso da minha imagem a candidato nenhum que eu não apoie. Algo sério como isso não deve ser banalizado para ganhar atenção em cima. Existem consequências para ações assim”, declarou.

No momento em que recebeu a notícia, Gil escreveu nas redes sociais, também, que “o processo vem aí”. (Veja abaixo).

O partido Democracia Cristã (DC) informou que foi feita uma petição à Justiça Eleitoral para corrigir o equívoco.

No final da tarde deste sábado (13), a correção foi feita no site.

Leia Também:  Homem que estuprou e matou mãe de vereador é condenado a 42 anos de prisão

Segundo o partido, o erro não foi do candidato, e sim de uma empresa contratada para fazer as fotos.

Ao tomar conhecimento do ocorrido, o partido solicitou a alteração da imagem.

O prazo para todos os pré-candidatos oficializarem as candidaturas se encerra na próxima segunda-feira (15).

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), os partidos são responsáveis pelas informações fornecidas no site institucional e toda a documentação submetida passa pelo crivo da Justiça Eleitoral.

Neste caso, o processo ainda estava na fila para ser avaliado, quando o partido percebeu o erro a tempo.

Gil do Vigor

Após o confinamento, Gil do Vigor recebeu o título de Cidadão Paulistense, um voto de aplauso e a Comenda Padre João Ribeiro Pessoa de Melo Montenegro, a mais alta honraria de Paulista, município no Grande Recife onde o ex-BBB morava. 

O economista pernambucano Gil do Vigor conquistou o 4º lugar no BBB-21 e chegou a ficar quase 100 dias dentro da casa.

Ele ficou conhecido pelos bordões e o carisma dentro do reality. 

Atualmente o ex-participante está nos Estados Unidos fazendo pós-doutorado.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PODERES

POLÍCIA

GERAL

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA