CRUELDADE

Dona de berçário é presa suspeita de agredir crianças com chineladas em MT

Publicado em

POLÍCIA [email protected]

A proprietária de um berçário em Canarana (823 km a leste de Cuiabá), suspeita de maus-tratos e tortura praticados contra as crianças que ficavam sob seus cuidados, teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, na segunda-feira (23.05), com base nas investigações realizadas pela Delegacia do município.

No inquérito policial que corre em sigilo, a suspeita foi indiciada por tortura, sendo o pedido de prisão representado pelo Ministério Público e decretado pela Justiça.

As investigações da Polícia Civil iniciaram após denúncia feita por funcionárias do berçário e pela mãe de uma bebê de oito meses que ficava no estabelecimento. Após troca de informações, a mãe e as cuidadoras (menores de idade) decidiram fazer o boletim de ocorrência contra a proprietária.

A creche é a única da cidade que pegava crianças a partir de seis meses e segundo as informações, a dona do estabelecimento agredia as crianças com tapas, chineladas (na cabeça, nas pernas e até no rosto), e puxões de orelha.

Entre outras situações relatadas, havia denúncias de que a suspeita deixava algumas crianças sem alimentação como castigo, por chorarem demais, além do caso de um bebê que tinha refluxo e ela fazia comer o próprio vômito.

Leia Também:  Bandido invade fazenda e estupra mulher enquanto marido assiste amarrado

Por se tratar de caso muito grave, desde o início dos trabalhos, as investigações correram em sigilo e da maneira mais célere possível. Já nos primeiros dias, a Polícia Civil, junto ao Conselho Tutelar e a Prefeitura foram até o estabelecimento, conseguindo suspender as atividades de unidade temporariamente por 15 dias.

As primeiras a serem ouvidas foram as cuidadoras da creche (menores de idade) e posteriormente todas as mães que tinham filhos atendidos na unidade.

Durante as investigações, foi possível colher alguns vídeos da suspeita praticando as agressões contra as crianças feitos pelas funcionárias, além de fotos e relatos de sinais de agressões nas crianças, ocorridos em diversos períodos.

Com base nos elementos colhidos, o delegado Deuel Paixão de Santana encaminhou o relatório final foi encaminhado ao Ministério Público com indiciamento da suspeita pelo crime de tortura, sendo representando pelo pedido de prisão que foi deferido pelo poder Judiciário.

A ordem de prisão foi cumprida pelos policiais de Canarana na segunda-feira (23), em uma residência na zona rural do município.

Leia Também:  Podemos libera partido em MT para apoiar reeleição de Bolsonaro

A suspeita foi conduzida à delegacia para as providências cabíveis e posteriormente colocada à disposição da Justiça.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Pescador encontra corpo de idoso desaparecido há 2 dias boiando em rio de MT

Publicados

em

O corpo do idoso Eulávio Pinto de Amorim, de 68 anos, foi encontrado na tarde desta quarta-feira (06) dentro do Rio São Lourenço, em uma propriedade rural na comunidade de São Lourenço de Fátima, distrito de Juscimeira (160 km de Cuiabá).

Segundo informações da Polícia Militar, o homem estava desaparecido desde a última segunda-feira (04). 

A moto que ele utilizava foi localizada às margens do rio onde a vítima estava pescando. O corpo de Eulávio foi encontrado por um pescador.

O Corpo de Bombeiros esteve no local e fez a retirada do idoso de dentro d’água. Equipes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e da Polícia Civil também compareceram na chácara.

O cadáver foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Rondonópolis (215 km de Cuiabá). 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cuiabá paga salários e injeta quase R$ 100 milhões na economia
Continue lendo

PODERES

POLÍCIA

GERAL

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA