DOENTIO

Homem aproveita visita e estupra netas de 11 e 13 anos da companheira

Publicado em

POLÍCIA [email protected]

Um homem suspeito de abusar sexualmente das netas da companheira teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil, na quarta-feira (19.01), em ação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG).

O suspeito, de 43 anos, casado com a avó das vítimas, aproveitava quando as menores, de 11 e 13 anos, iam à casa da sua companheira para praticar os abusos.

As investigações iniciaram em dezembro, após uma das menores contar sobre os abusos para um familiar que registrou o boletim de ocorrência contra o suspeito, que era considerado na família como avô legítimo das crianças.

Durante os trabalhos, as vítimas foram ouvidas pela psicóloga contando com riquezas de detalhes como ocorriam os abusos. A vítima de 13 anos passou por exame de corpo delito com resultado positivo para conjunção carnal.

Diante das evidências, foi representado pela prisão preventiva do suspeito, que não foi localizado na época dos fatos. Com o mandado de prisão decretado pela Justiça, os policiais da DEDMCI-VG conseguiram localizar o suspeito, na quarta-feira (19), por volta das 15 horas, no bairro Cophema em Cuiabá.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Militar prende suspeita e apreende armas após duplo homicídio
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Três envolvidos em roubo a banco em Ribeirão Cascalheira tem mandados cumpridos em MT e Goiás

Publicados

em

A Polícia Civil de Mato Grosso prendeu nesta quarta-feira (25.05) três investigados por um roubo a banco ocorrido no município de Ribeirão Cascalheira, no ano passado. Os dois adultos e um adolescente tiveram os mandados de prisão preventiva e de apreensão cumpridos pelas equipes da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Um foi localizado na cidade de Mineiros, no sudoeste de Goiás e outros dois presos em Primavera do Leste. Os mandados de prisão e de apreensão foram decretados pelo juízo da Vara Única de Ribeirão Cascalheira.

A investigação conduzida pela GCCO identificou os dois responsáveis diretos pela execução do roubo, ocorrido na manhã de 16 de dezembro do ano passado. Os autores entraram armados na agência do Banco Bradesco, renderam funcionários e clientes sob violência e grave ameaça e fugiram levando dinheiro.

Uma equipe da GCCO se dirigiu ao município e realizou uma série de diligências investigativas para esclarecer a dinâmica do crime e identificar os autores.

Conforme a apuração, os criminosos utilizaram lentes de contato colorida, máscaras e outras vestimentas para dificultar o reconhecimento. Mesmo com a estratégia usada, os policiais civis conseguiram identifica-los, sendo um adulto de 29 anos e o adolescente,que à época tinha 17 anos. O terceiro envolvido, de 32 anos, foi responsável por guardar parte do dinheiro subtraído.

Leia Também:  Autor de homicídio por dívida de drogas em Várzea Grande é condenado a 14 anos

A prisão realizada em Goiás contou com apoio da Companhia de Policiamento Especializado da PM do município de Mineiros.

“Necessário ressaltar que o crime chocou a população da cidade, pois os autores aterrorizaram os funcionários e clientes durante a execução do roubo, com grave ameaça, agressões físicas e restrição da liberdade das vítimas”, destacou o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira.

A GCCO apurou que os três possuem antecedentes criminais que demonstram um vínculo anterior e entre eles para cometimento de delitos patrimoniais.

As investigações contaram com apoio das Delegacias de Ribeirão Cascalheira e de Querência e da Delegacia Regional de Primavera do Leste.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PODERES

POLÍCIA

GERAL

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA