ACIDENTE NO TRÂNSITO

Médico de 28 anos morre ao tentar ultrapassar carreta em Mato Grosso

Publicado em

GERAL [email protected]

Rodolfo Nunes Baía, de 28 anos, morreu na tarde dessa segunda-feira (23), ao se envolver em um acidente de trânsito na MT-235, na região de Sapezal (529 km de Cuiabá).

Segundo informações, o médico veterinário teria tentado ultrapassar uma carreta, mas acabou colidindo de frente com outro veículo de carga, que vinha no sentido contrário. 

A vítima era representante de uma empresa de insumos para animais da cidade. 

O jovem conduzia uma caminhonete modelo Fiat Toro, ficou completamente destruída.

Uma equipe do Samu foi acionada e prestaram atendimento à vítima, que não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu no local.

O condutor da carreta passa bem.

Equipe da Politec e da Polícia Militar estiveram no local. 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Semana Estadual de Políticas sobre Drogas discute prevenção em escolas de Poconé e Livramento
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GERAL

UVZ leva diversos serviços aos moradores da Vila São Francisco e região

Publicados

em

A Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) iniciou, nesta quarta-feira (16), uma ação preventiva de atendimentos de pets de moradores da região da Vila São Francisco.  Entre os serviços disponibilizados pela equipe da UVZ estão: vacinação antirrábica para cães e gatos acima de três meses de vida e saudáveis, como coleta sanguínea para diagnóstico de Leishmaniose em cães e o cadastramento para aqueles que desejem castrar gratuitamente seus cães e gato.

Os atendimentos estão sendo realizados na Igreja São Francisco até esta quinta-feira (7), das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30. “Nosso objetivo com essa ação é promover ainda mais a saúde e o bem-estar de cães e gatos, estimular a posse responsável, além de controlar a reprodução desordenada desses animais e a propagação de doenças de relevância para a saúde pública”, explicou o coordenador Wagner dos Santos.

“Estamos realizando esta ação nos bairros, pois percebemos que muitos moradores não têm condições de trazer os seus pets até a UVZ para fazer o exame de leishmaniose e cadastro para castração”, completou Wagner. 

Leia Também:  Governo entrega nova sede do Batalhão Emergências Ambientais do Corpo de Bombeiros

Ele explica que  animais passarão por consulta com o veterinário, que fará avaliação clínica e a coleta de sangue para realização do hemograma. Após a avaliação e resultado dos exames, os tutores serão informados se o animal está apto para a castração.

Fonte: Prefeitura de Rondonópolis

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

PODERES

POLÍCIA

GERAL

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA