ÚLTIMAS NOTÍCIAS

HELIODORO SANTOS NERY

Qual é o seu alvo

Publicado em

OPINIÃO [email protected]

Na condição de advogado, possivelmente um dos mais antigos em atividade em Mato Grosso, cumpre-me exercer sem limite, o dever de nortear.

Como professor de estágio supervisionado, há vinte e seis anos na Universidade de Cuiabá, ainda ativo em sala de aula, permita-me, com rastro de respeitabilidade deixado por onde caminhei, tenho a convicção de que mostrar porquê, e com quem estou nessa eleição da OAB/MT, é questão de zelo extremo.

Registre-se, que até mesmo o gênio pode se dispersar no porão da mediocridade, se a constância de caráter não for ingrediente integrante do seu cotidiano.

Assim, decidi mergulhar no mar dessa predileção, remando o nome de uma pessoa, com quem cruzei nos corredores da UNIC durante cinco anos, seis meses dos quais, tornei-me seu professor de estágio supervisionado, III e IV.

Depois, sentamos lado a lado na sala e nas reuniões de professores, pois esta honrou-me, também, como professora naquela instituição.

Há, aproximadamente trinta anos, a OAB/MT, não se privilegia de uma mulher como presidente.

Chegou a hora, preferi uma jovem advogada, madura, cheia de entusiasmo, com propostas concretas, palpáveis e aguçantes para a advocacia mato-grossense, que não se dispersará um instante em proveito do advogado, pois tem como ingrediente integrante no seu cotidiano, a constância de caráter, por isso, a certeza que eu e você seremos dignificados naquela entidade.

Então colega, ex-aluno, ex-aluna, venha comigo, ajude-me a conduzir em segurança essa embarcação, nos mares da eleição de novembro próximo, elegendo para presidente, nossa colega Gisela Cardoso.

Velejando, por inteiro, nas águas envoltas de mansidão, que inundam a mobilidade da futura presidente em prol da OAB/MT, sou-lhe grato, para sempre, por sua atenção sincera.
 
Heliodorio Santos Nery é professor e advogado. 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Os motivos de ser contra a construção de UHEs e PCHs no Rio Cuiabá
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OPINIÃO

A advocacia mato-grossense tem uma oportunidade histórica com Gisela Cardoso na OAB-MT

Publicados

em

Quando noticiaram que a doutora Gisela Cardoso aceitou se colocar à disposição da advocacia mato-grossense para liderar a Ordem do Advogados de Mato Grosso – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) como presidente, algo me chamou a atenção de forma muito positiva e logo pensei: “será que chegou a hora da OAB-MT ter uma presidente com a fortaleza desta mulher?”.

Pois é, colegas, a resposta é sim. Tudo tem sua hora e Agora é Ela. Acredito que chegou a hora de termos uma colega advogada na liderança da Ordem dos Advogados do Brasil –Seccional Mato Grosso depois de 28 anos.

Conheço a doutora Gisela desde quando ela começou a advogar e posso informar e afirmar que a história de vida de Gisela Cardoso é digna de ser contada, pois ela chegou em Cuiabá quase menina para estudar e  trabalhar para pagar os próprios  estudos.

Pude observar a doutora Gisela se tornar uma líder, uma profissional competente, séria, ética, pois como advogada se dedicou a advocacia trabalhista, ao magistério e depois começou a servir à classe na OAB-MT.

Ao contrário de alguns comentários misóginos que ouço, e que muito me entristecem, a colega Gisela não foi forjada por alguém: ela é líder, ela é Gisela Cardoso! Ao invés de desqualificar a intenção legítima desta colega advogada, seria melhor que opositores focassem nas propostas e metas.

Eu falo isso porque não é fácil a jornada para uma eleição da Ordem, principalmente para uma mulher, e quanto a isso não existem dúvidas, pois quem já se candidatou entende o que falo.

Acontece que a pré-candidatura da doutora Gisela Cardoso contraria a cultura eleitoral na OAB-MT, pois é mulher, não vem de família tradicional no Direito, não tem escritório com uma banca grande, não tem ligação política partidária, não é bajuladora e muito menos demagógica. Portanto, uma candidata atípica. Tenho certeza que muitos e muitas colegas se espelham nela.

A colega Gisela é uma de nós, ela nos representa, ela me representa porque sua história se confunde com a minha e de tantos advogados e advogadas que conhecemos.

É importante dizer que estar a serviço da sociedade e a serviço da advocacia não é uma tarefa fácil para nós mulheres, uma vez que as renúncias são maiores e as cobranças também.

Quem discursa ou comenta que a doutora Gisela será presidente de fachada com certeza não a conhece e comete uma indelicadeza sem precedentes, porque antes de ser candidata ela é nossa colega. Não se esqueçam disso, ela tem personalidade própria, propósito e é única. Assim, não cabem comparações.

Temos uma oportunidade histórica nestas eleições: a OAB-MT pode ser liderada por uma profissional competente e mulher. Não devemos abrir mão desta oportunidade, principalmente por conta de discursos infundados.

A pré-candidata Gisela Cardoso apresenta as habilidades necessárias ao cargo, além do conhecimento específico do sistema OAB e conhece quais as dificuldades a serem enfrentadas no pós-pandemia.

Além da pré-candidatura de Gisela Cardoso, o movimento que ela lidera está florescendo e fortalecendo em todo Estado, com inúmeras pré-candidaturas de colegas advogadas em subseções relevantes em nosso Estado e um enorme apoio de advogadas e advogados.

Por isso, colegas, a doutora Gisela Cardoso tem o meu apoio e respeito. A oportunidade é agora.  Agora é Gisela! Vamos crescer este lindo Movimento “Advocacia Unida, Avanço Presente”.

Ana Lúcia Ricarte é advogada há 27 anos e diretora da Associação Brasileira de Advogados em Mato Grosso (ABA-MT).

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Jovens menos felizes
Continue lendo

PODERES

POLÍCIA

GERAL

VARIEDADES

MAIS LIDAS DA SEMANA